Prefeitura Municipal de Contagem
   

Complexo Hospitalar terá mais leitos na enfermaria da clínica médica

Serão abertas mais 48 vagas e capacidade de atendimento vai dobrar

Elvira Angel

Ação vai dobrar o atendimento e melhorar as condições na clínica médica

Com o objetivo de ampliar a quantidade de vagas ofertadas e melhorar a qualidade do atendimento prestado nas enfermarias de clínica médica, a Prefeitura de Contagem, por meio da  atual gestão do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) promoverá reformas, readequações e novas ambientações, a um custo aproximado de R$ 270 mil, que dobrarão a capacidade de atendimento desse tipo de enfermaria.

Atualmente o complexo possui 47 vagas de enfermaria voltadas à clínica médica. Com as mudanças e investimentos propostos, que deverão ocorrer em até 180 dias, o CHC passará a disponibilizar mais 48 leitos desse tipo, totalizando 95 vagas de enfermaria de clínica médica.

De acordo com o superintendente do CHC, João Pedro Laurito Machado, com a disponibilização dessas de enfermaria será possível diminuir o tempo médio de espera de pacientes que aguardam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) por transferência para o CHC. “Esse incremento fará com que os pacientes que estão aguardando por transferência nas UPAs esperem por um tempo muito menor”, afirma. A expectativa é de que o tempo médio de espera nas UPAs para a clínica médica, atualmente de 15 dias, seja reduzido pela metade.

Já o gestor do Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC), Wanderson de Oliveira, explica que essa obra de reestruturação da clínica médica possibilitará uma maior rotatividade dos leitos de UTI, do politraumatismo e de enfermarias de observação do Pronto Socorro. “Com o aumento dos leitos conseguiremos aumentar o número de internações e dar suporte maior para as UPAs”, ressalta o gestor.

“Depois de terem sido abertos mais dez leitos de terapia intensiva no hospital, os esforços não param. Agora, é a vez de melhorar a ambiência, a infraestrutura e a qualidade das acomodações da clínica médica, para oferecer um atendimento de mais qualidade à população”, completa o diretor de Enfermagem do Complexo Hospitalar, Joanilson Santos Guimarães.

A clínica médica é uma especialidade na qual atua o clínico geral que, se necessário, pode também solicitar a avaliação de otorrinos, cirurgiões plásticos, infectologistas, neurologista, nefrologista, urologista, cirurgião vascular, nutrólogo, fonoaudiólogo, psicólogo e cardiologistas, bem como de profissionais de outras especialidades.

Com a disponibilização de mais leitos na enfermaria de clínica médica, será também possível reduzir custos de funcionamento e manutenção de leitos do hospital. “Algumas vezes, por falta de vagas de enfermaria, o paciente permanece internado no CTI, o que encarece os custos do hospital. A despesa diária de um leito de CTI, em torno de R$ 5 mil ao dia, é aproximadamente quatro vezes maior do que os custos dos leitos de enfermaria, em torno de R$ 1,2 mil ao dia”, enfatiza o gestor.

CTI 

Em março deste ano, a atual gestão do Complexo Hospitalar reabriu dez leitos de CTI. Nessa ala, voltada a pessoas que se encontram em estado grave, os pacientes contam com acesso a equipes especializadas e equipamentos necessários para monitoramento e suportes à vida que não estão disponíveis em enfermarias, que lidam com situações de menor complexidade. Graças a essa habilitação de mais leitos de CTI, o hospital ampliou sua capacidade de atendimento voltado a pacientes graves de toda a rede de saúde do município.

Porém, para que seja possível aumentar a taxa de rotatividade dos leitos de UTI, fazendo com que mais pacientes possam ser atendidos, não basta disponibilizar leitos em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI): é preciso também aumentar a oferta de vagas nas enfermarias voltadas aos pacientes que já não se encontram mais em estado grave, a ponto de precisarem de toda a estrutura de um CTI, mas que ainda demandam cuidados e observação em uma unidade de complexidade intermediária, até que consigam receber alta.

   

REPÓRTER: Carolina Brauer   FOTO CRÉDITO: Elvira Angel   

PUBLICAÇÃO: 19/04/2017 15:51:58